12/05/2017

Conheça as cidades finalistas para o prêmio Boas Práticas em Participação Cidadã

Seis cidades estão concorrendo para o prêmio "Boas Práticas em Participação Cidadã" do Observatório Internacional da Democracia Participativa, que acontecerá no dia 19 de junho na cidade de Montreal-Canadá, no âmbito da 17 ª Conferência do OIDP. O prêmio “Boas Práticas em Participação Cidadã” ocorre anualmente e busca reconhecer as experiências inovadoras no campo da democracia participativa, coordenadas pelos governos locais, que possam ser replicadas. Conheça um pouco dos projetos finalistas:
 
Cidade de Ampasy (Madagáscar) com “Orçamento Participativo”. A necessidade de estabelecer uma gestão eficaz dos recursos financeiros e garantir a transparência e boa governação, fez a cidade adotar, em 2008, o Orçamento Participativo. A ferramenta propõe a tomada de decisão e de gestão com a participação dos cidadãos na gestão do município, dando também voz às mulheres, jovens e minorias. 
 
Austin (Estados Unidos da América) a prática gira em torno do treinamento de voluntários que buscam facilitar o diálogo nas comunidades sobre assuntos regionais importantes. A partir das conversas são realizados relatórios e recomendações para os tomadores de decisão específicos de cada tema discutido.
Para saber mais acesse: http://conversationcorps.org/
 
Cabildo de Tenerife (Espanha) com "Hey! Tenerife". O projeto, com dois anos de duração (2015 e 2016), promoveu a cultura de participação cidadã e governança democrática na ilha. Entre as metas está a implementação do "Código de Bom Governo" ao nível territorial e a implementação das ações do "quadro estratégico". 
Para saber mais acesse: http://www.heytenerife.es/es/index.html
 
La Paz (Bolívia) com "Programa de bairros e comunidades de verdade". Tendo início em 2005, o projeto, do Governo Municipal de La Paz e o Banco Mundial (BM), transforma bairros carentes de serviços básicos e com pouca participação dos cidadãos em comunidades mais dignas e menos vulneráveis, através do diálogo e participação da população. Durante o processo, as organizações de bairro exercem o controle por meio de um comitê para identificar "desvios" e propor soluções para as dificuldades que podem surgir.
 
Nanterre (França) com "Agora permanente". Iniciado em 2016, o projeto tem como prioridade incluir todos os residentes e usuários da cidade em uma plataforma digital. Alguns objetivos operacionais da plataforma são buscar as opiniões dos moradores sobre projetos da cidade (urbanismo, políticas públicas etc), permitir o acompanhamento das decisões e o inquérito da administração e funcionários eleitos e permitir que os cidadãos organizem autonomamente a sua participação (contribuições, coletivo, kits de participação, propostas etc).
Para saber mais acesse: https://participez.nanterre.fr/
 
Novo Taipe (Taiwan) com "Orçamento Participativo para Promoção de Emprego das Pessoas com Deficiência no Distrito de Sanxia". O projeto, que teve início em agosto de 2015, pôs o foco em pessoas com deficiências, que tradicionalmente não são participativas, e em risco de exclusão social, visando a inclusão social. As pessoas interessadas puderam se expressar e, o mais importante, determinaram o orçamento e a elaboração de políticas para atender às necessidades reais delas.
 
San Casciano Val di Pesa (Itália) com "Rede de Mobilidade Comunitária". De março à julho de 2015, o programa criou a concepção de uma rede de transportes públicos inovadora e integrada. Mais especificamente, foi uma integração da rede existente de transportes urbanos com soluções partilhadas pelos cidadãos para o desenvolvimento de novos serviços e introdução de inovações no sistema de mobilidade local. O processo visava não só abordar a questão premente das ligações de transporte, mas também de considerar a questão da acessibilidade num sentido mais amplo como uma ferramenta para combater a exclusão e promover o bem-estar social.
Para saber mais acesse: http://open.toscana.it/web/community-mobility-network


  

Contato

Rua Uruguai, 155 / 11º andar - Sala 20
Porto Alegre-RS/Brasil - CEP 90010-140
Fone: 55 51 3289-6664 e 55 51 3289-6684
e-mail: observapoa@observapoa.com.br

Newsletter




Desenvolvimento procempa
Prefeitura de Porto Alegre
Prêmio Cidades Sustentáveis